Escolha uma Página

CANDEIA – samba de roda – 1974

20 mar, 2017 | Álbuns | 0 Comentários

“Candeia é um compositor que dispensa apresentações. Este é seu terceiro disco e nele se pode notar a preocupação do sambista em incorporar ao seu trabalho outros gêneros musicais que ressaltam uma influência nitidamente africana. Tudo música brasileira. Muitos hão de estranhar e perguntar por que um sambista da Portela, de repente, resolve gravar jongos, pontos de macumba, um choro canção, sambas de roda, cantigas de maculelê e capoeira. É muito simples: Candeia sempre esteve atento a todas as manifestações populares e sujeito sensível que é, percebeu as vantagens que poderia obter se estendesse seu trabalho – até então ligado exclusivamente ao samba – a essas formas tão ricas, deixadas por nossos antepassados. Este disco é uma experiência importante na carreira do mano Candeia e uma surpresa para aqueles que, como eu, acompanham de perto seu trabalho.”
Paulinho da Viola

8

Tapecar ‎– LP-SS-007, LP
por.: Marcelo Oliveira

FACE A

Brinde ao cansaço
Candeia
Conselhos de vadio
Alvarenga
Alegria perdida
Candeia e Wilson Moreira
Camafeu
Martinho da Vila
Sinhá dona da casa
Candeia e Netinho
Acalentava
(adapatação de Candeia)

FACE B
1 – SELEÇÃO DE PARTIDO ALTO:

a) Samba na Tendinha – Candeia
b) Já clareou Dewett – Cardoso
c) Não tem veneno – Candeia e Wilson Moreira
d) Eskindôlelê – Candeia
e) Olha hora Maria – (adptação)

2 – MOTIVOS FOLCLÓRICOS DA BAHIA:

a) Capoeira:
Ai, Haydê
Paranauê (adaptação)

b) Maculelê:
Sou eu. Sou eu
Não mate homem (adaptação)

c) Candomblé:
Deus que lhe dê
Salve! Salve! (adaptação)

d) Samba de Roda:
Porque não veio (adaptação)

Bateria:
Wilson das Neves
Baixo:
Sérgio Barroso
Ganzá:
Gilson
Surdo e Cuíca:
Marçal
Tamborim:
Eliseu e Luna
Pandeiro:
Risadinha
Violão de 12 Cordas:
Neco
Cavaquinho:
Arlindo
Rítmo:
Pedro dos Santos
Repinique:
Doutor
Agogô:
Wilson Canegal
Berimbau:
Bezerra
Cuíca:
Nenêm
Atabaque:
Carlinhos
Corô:
Zélia, Zezé, Marly e Lair
 
Claudionor, Genaro, Gordinho e Barbosa (Nosso Samba)

 

Arregimentador:
Paschoal Perrota
Técnicos de gravação:
Norival e Orlando
Mixagem:
Orlando
Corte:
Americo
Produtores:
Xavier e Coutinho
Supervisão:
Manolo V. Camero
Foto:
Alvaro Vitor
Layout, Arte Final:
Wolney de Almeida
Ilustração:
Nei Lopes