Escolha uma Página

116

Identificação – Zé Ketti, 1979
Continental 1.01.404.194, LP
por.: Marcelo Oliveira / 15 abr, 2017
Categoria(s).: Álbuns

Na década de 30 já se espalhava pelos subúrbios e pelas favelas do Rio o novo samba feito pelos compositores do bairro da Estácio de Sá, que se demonstrava de pouca semelhança com a música feita pelos pioneiros do samba. Segundo a filha de Zé Ketti, a jornalista Geisa Flores de Jesus, o samba de morro ou de terreiro acontecia de uma forma bem parecida com a lenda do semba.

As rodas de samba eram feitas em terreiros, quintais de chão batido, pois ainda não existia quadra de samba. Formando um círculo, as pessoas batiam palmas acompanhando o puxador do samba, que ficava ao centro da roda. Em certo momento, ele escolhia outra para ficar em seu lugar e assim ia.

Zé Ketti assimilou bem essa variação do samba, aperfeiçoando alguns componentes como a poética malandra – “eu dou duro no baralho pra poder viver” – e ingênua – “gostaria de beijar e ser beijado”. Compondo com uma caixinha de fósforo nas mãos, nos botequins do morro ou nas rodas de terreiros, Zé Ketti descreveu em seus sambas toda a essência dos morros cariocas que frequentava.

Zé Ketti em 1979, lançou pela Continental o LP “IDENTIFICAÇÃO“, com produção de Wilson Miranda, cuja capa reproduz um documento seu de identidade, com composições inéditas, com destaque para “Tamborim” (c/Mourão Filho):

“♫ – Tamborim, meu velho amigo tamborim!/ Como tu és de ninguém/ ai meu Deus do céu, a vida é mesmo assim tamborim…”

Feijão Malandrinho” (c/ José Carlos Rego); “Eu Vou Para a Bahia” (c/ Ramos) e “Meus Cabelos Brancos” (c/ Geraldo Gomes).

Bem como a marchinha “Mascara Negra” (c/ Pereira Matos), originalmente lançada no Compacto Simples de 1966 (Odeon 7B-197) por Dalva de Oliveira:

“♫ – Tanto riso, oh quanta alegria/ mais de mil palhaços no salão/ Arlequim está chorando pelo amor da Colombina/ no meio da multidão”;

Identificação – Zé Ketti, 1979 (Continental 1.01.404.194, LP)

Selo lado A

LADO 1
1. TAMBORIM
(ZÉ KETTI-MOURÃO FILHO)

2. VOCÊ NÃO FOI LEGAL
(ZÉ KETTI-CELSO CASTRO)
Participação Especial de WILSON MIRANDA

3. FEIJÃO MALANDRINHO
(ZÉ KETTI-JOSÉ CARLOS REGO)

4. COMPANHEIRA
(ZÉ KETTI-DABLIU NAMOR)

5. ÚLTIMO MOMENTO
(ZÉ KETTI-SERAFIM DA COSTA ALMEIDA)

LADO 2
1. MÁSCARA NEGRA
(ZÉ KETTI-PEREIRA MATOS)

2. EU VOU PARA A BAHIA
(ZÉ KETTI-RAMOS)

3. VOCÊ NÃO ESTÁ COM NADA
(ZÉ KETTI-DAVID RAW)
Participação Especial de WILSON MIRANDA

4. MEUS CABELOS BRANCOS
(ZÉ KETTI-GERALDO GOMES)

5. LINHAS CRUZADAS
(ZÉ KETTI-CARLOS SANTOS)

FICHA TÉCNICA:

Produtor Fonográfico: DISCOS CONTINENTAL
Direção de Produção: WILSON MIRANDA
Arranjos e Regência: MESSIAS SAINT JR.
Técnicos de Som: CARLOS EDUARDO E ÉLCIO ALVAREZ FILHO
Técnico de Mixagem: CARLOS EDUARDO
Estudio: GRAVODISC SP
Ad. de Repertório: ODAIR CORONA
Direção de Arte: OSCAR
Arte final : WALMIR