Rio, Carnaval dos Carnavais Mangueira, 1972

Rio, Carnaval dos Carnavais - Mangueira, 1972

Rio, Carnaval dos Carnavais - Mangueira, 1972Foi com muito sacrifício que a Estação Primeira da Mangueira se preparou para o Carnaval de 1972.

O dinheiro andou curto, essa é que é a verdade. O pouco que a Escola tinha guardado e mais o pouco que arrecadou nos ensaios foram absorvidos rapidamente pelas obras na quadra.

O trabalho da Comissão de Carnaval foi dobrado por causa disso. O bom-gosto teve sempre prioridade diante da tentativa mais audaciosa de gasto elevado.

As alas não tiveram suas festas anuais costumeiras e as fantasias são resultantes de preciosas economias.

A Escola e os seus componentes estiveram unidos o ano inteiro nessa luta. Por isso, o Carnaval de 1972 tem muito mais valor para a Mangueira; é um carnaval especial mesmo. Hoje, já é um dia de vitória para a Estação Primeira.

Samba-Enredo

Autores: Padeirinho/Nilton Russo/Moacir

Vejam… Que maravilha
Temos a festa mais linda
Dêste meu país
Esta é mais uma que brilha
Como esse povo é feliz

Para alegria geral
Este é o nosso Carnaval
Em todo o universo
Não existe outro igual
Só neste Rio tradicional

O Rio oferece ao mundo
Neste solo fecundo
O Carnaval dos Carnavais
Revivendo com beleza
Os festejos de Veneza
Os cortejos geniais
Oriundo dos Romanos
E dos negros Africanos
Com seus lindos rituais

Tem maracatú, maculelê
Batuquejê
Tem capoeira de roda
E também tem cateretê

P.S. Texto da Revista – Mangueira Carnaval 1972

P.S. Áudio do LP: Sambas-de-Enrêdo das Escolas de Samba do Grupo 1 /// Gravação Original (1972, LP – AESEG) / áudio formato mp3/128Kbps

P.S. Imagens acima, Revista Estação Primeira de Mangueira – Carnaval 1972 (fonte: Marcelo O’Reilly/Acadêmia do Samba)

Relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *