Escolha uma Página

ROBERTO RIBEIRO – SORRI PRA VIDA – 1987

24 mar, 2017 | Álbuns | 0 Comentários

Roberto é uma das mais belas vozes do samba em todos os tempos. O timbre de sua voz e personalíssimo. Forte mais doce. Comovente quando precisa. Festeiro quando tem de ser. Romântico quando quer. Emocionante sempre. É sambista porque esta na veia. Seria seresteiro fácil, bastava ter chance. Voz de homem. Sem afetações, nem importações. Trovador de canto lento. Puxador do samba-de-enredo. Porta-voz do partido-alto, das rodas dos mestres.

19

EMI ‎- 066 4212801, LP
por.: Marcelo Oliveira

Mensageiro dos quilombos. Cantador dos seus e dos nossos sentimentos. Cantor de qualquer tempo e de qualquer música. Sem os rótulos convencionais. Digno representante do que significa verdadeira e simplesmente cantar. Qualquer compositor gostaria de ter seu repertório perpetuado no bronze dessa garganta. É voz tecida com fios de metal puro nas mãos do Grande Artesão Divino. Voz mestiça das cores do arco-íris. Voz de luz espargida. Voz de água ‘encachoeirada’. Roberto já tem sua voz na galeria das gargantas abençoadas. Assim declaro em certidão de poesia e reconheço firma.
Paulo César Pinheiro
contracapa do LP

PS. Que o Mestre Besouro Cordão de Ouro
Que abriu meus caminhos
Benze e guie o teu disco novo
Na direção do coração do povo.

Lado A
SORRI PRA VIDA
Roberto Ribeiro – Liette de Souza
DESBANDEIRAR
Roberto Ribeiro – Toninho Nascimento
ONDE NÃO EXISTE FLOR
Serginho Meriti – Guará
FESTA DE REIS
Roque Ferreira
INGRATA PAIXÃO
Mauro Diniz – Ratinho – Adilson Victor
GINGA ANGOLA
Nei Lopes

Lado B
DOM DE FINGIR
Eros – Nivaldo Duarte – Liebert
SERRA, SERRINHA, SERRANO
Roberto Ribeiro – Toninho Nascimento
OLODUM
Edil Pacheco – Paulo César Pinheiro
CADA PROBLEMA… UMA SOLUÇÃO (SABER VIVER)
Ubirany – Arlindo Cruz
FIQUE
Nelson Rufino
DO MESMO CHÃO
Luiz Carlos da Vila

Produtor Fonográfico: EMI-Odeon Fonográfica, Industrial e Eletrônica Ltda.
Direção Artística: Jorge Davidson
Direção de Produção: Lieberth Ferreia Pinto
Produção Executiva: Nivaldo Duarte
Arranjos e Regência: Geraldo Vespar
Técnicos de Gravação: Amaro Moço e Carlos Signorelli
Técnico de Mixagem: Amaro Moço
Assistente de Estúdio: Rob, Zé Luis e Jorge Brum
Capa: Noghuti
Fotos: Fernando Carvalho
Arte-final: Glauco