Tantinho, Memória em Verde e Rosa 2006, CD - Selo Natura Musical

Tantinho, Memória em Verde e Rosa // 2006, CD - Selo Natura Musical

Tantinho, Memória em Verde e Rosa // 2006, CD - Selo Natura MusicalApresentação

O Morro de Mangueira é o cenário onde o compositor Tantinho e antigos sambistas da Estação Primeira vão relembrar histórias sobre a favela e o samba. O documentário retrata os desafios e dilemas que os diversos personagens enfrentaram em suas vidas para conquistar respeito na comunidade, reconhecimento na Escola e espaço no meio artístico.

Tantinho, Memória em Verde e Rosa” conta com as presenças do legendário Mestre-Sala Delegado, de Tia Suluca, baiana mais antiga da agremiação, dos compositores Nélson Sargento, Hélio Turco, Jurandir e dos percussionistas Carlinhos Pandeiro de Ouro e Jaguara, e do falecido diretor de Harmonia, Xangô da Mangueira, entre outros. […]

CD 01

CD 02

História

Poucas pessoas podem se orgulhar de conhecer tão bem o Morro de Mangueira quanto Devanir Ferreira, o Tantinho. Negro, baixo, forte, de voz imponente e bom humor contagiante, ele é considerado por muitos, aos 65 anos de idade, a memória viva do morro.

Aos 6 anos, a mãe, Dona Mendes, lavadeira e baiana da escola, sem ter onde deixá-lo, arrumou uma maneira de incluí-lo na bateria da escola. Ainda menino sua diversão era cantar e acompanhar os “mais velhos” nas rodas de partido alto. Para conseguir seu espaço, começou a compor sambas aos 11 anos.

Formado musicalmente sob a atenção de Cartola, Nélson Cavaquinho e Padeirinho, Tantinho é cria da Mangueira, onde já desfilou na bateria, ganhou samba-enredo e ‘puxou’ samba na quadra.

No ano de 2006, aos 60 anos de idade, lançou este seu primeiro CD (Tantinho Memória em Verde e Rosa), com o qual ganhou o Prêmio TIM como melhor CD de samba . Em 2010, lançou o CD (Tantinho Canta Padeirinho da Mangueira), vencendo o Prêmio da Música Brasileira como melhor CD e melhor cantor de samba. Tantinho é considerado no meio musical referência indiscutível desta história.

Justificativa

O Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (IPHAN) declarou oficialmente, em outubro de 2007,o samba carioca como Patrimônio Cultural Brasileiro. Através do documento “Dossiê das Matrizes do Samba no Rio de Janeiro”, o IPHAN recomenda ações nas áreas de pesquisa, documentação, transmissão, produção, registro e promoção das matrizes de samba do Rio de Janeiro.

Ao realizar um documentário sobre a cultura do samba em Mangueira; abordando sua produção musical, o projeto executa algumas destas ações indicadas pelo IPHAN, o que confere a proposta, relevância histórica e cultural, permitindo que as futuras gerações de artistas e cidadãos brasileiros tenham acesso a parte de um acervo cultural de grande importância para história cultural do Rio de Janeiro e do Brasil.

Realizadores

Direção:

Pedro von Krüger de Freitas trabalha em cinema há 10 anos, tempo em que participou como Diretor e Produtor em diversos DVDs musicais e fez parte do departamento de fotografia em mais de 25 longas metragens. Recentemente participou como Produtor e Codiretor do documentário “Carta para o Futuro” e como Produtor e Diretor do Documentário “Raça Rubro Negra – Pulmão da Arquibancada”.

Roteiro e Produção:

Alípio Carmo, jornalista e pesquisador musical, trabalha, há 10, anos na área de produção cultural. Durante este período coordenou projetos de formação musical e artística no âmbito do Programa Cultura Viva, financiado pelo Ministério da Cultura.

José Constant, produtor cultural, atua há 10 anos na área. Em 2003 trabalhou diretamente na captação dos recursos junto a Unisys para viabilizar o CD ‘Nó em Pingo D’Água Toca Paulinho da Viola’.

Ambos em 2006 foram produtores deste CD “Tantinho, Memória em Verde e Rosa”, vencedor do Premio TIM 2007 na categoria melhor CD de Samba.

Em 2009, co-produziram o álbum “Tantinho Canta Padeirinho da Mangueira”, que conquistou o Prêmio da Música Brasileira nas categorias melhor CD e melhor cantor de samba.

FAIXAS:

CD 01

01. Boa Noite
Enéas Brites/Aluisio da Costa

02. A Voz do Morro
Moreira da Silva/Geraldo Pereira

03. Eu Vou Subir Tia
Manoel Ramos

04. Fofoca no Morro
Padeirinho

05. Episódio
Tantinho da Mangueira/Djalma Baiano

06. Pobre Milionária
Nelson Sargento
part/ Nelson Sargento

07. Sofrer Como Eu Já Sofri
Pelado/Tantinho da Mangueira

08. Meu Amor Foi-se Embora
Germano Augusto/Francisco Modesto

09. Estou Vivendo na Floresta
Babaú/Chiquinho Modesto

10. Azul Anil
Autor Desconhecido

11. Vem Rompendo o Dia
Xangô da Mangueira
part/ Xangô da Mangueira

12. Meu Segredo
Hélio Turco/Cícero dos Santos/Tantinho da Mangueira

13. Meu Amor Já Foi Embora
Cartola/Zé da Zilda

14. Brasil Terra Adorada
Cartola/Carlos Cachaça/Arthur Faria

15. Dá Licença Que Eu Quero Passar
Tantinho da Mangueira
O Bobo do Rei
Tantinho da Mangueira/Broto

16. Continente Negreiro
Nélson Sargento/Marreta

CD 02

01. Neuma
Tantinho da Mangueira

02. Recordar É Viver
Padeirinho

03. Pranto de Poeta
Hélio Cabral

04. Mulher Comprometida
Preto Rico
part/ Preto Rico

05. Eu Vivo em Paz
Jorge Zagaia/Leléo

06. Diamante Bruto
Brogogério

07. Sorrindo Sempre
Noel Rosa/Francisco Alves/Ismael Silva/Lauro dos Santos “Gradim”

08. Pesca do Dourado
Autor Desconhecido

09. Lá Se Foi a Maria
Alfredo Português

10. Maria
Jurandir da Mangueira/Irson Pinto
part/ Jurandir da Mangueira

11. Não Posso Demorar
Geraldo das Neves

12. Vivo no Mundo
Fandinho

13. Decaída
Pelado/Hélio Turco

14. Nossa História
José Ramos/Geraldo da Pedra

15. Faltavam Cinco Para Às Cinco Horas
Manoel Ramos

16. Gonçalves Dias
Cícero/Pelado

P.S. áudio playlist formato mp3/128Kbps

P.S. imagem do topo: Paulão 7 Cordas e Tantinho da Mangueira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *